ILE
Casa Diogo Vaz

A Ilha

O cacau foi introduzido na ilha do Príncipe, vindo do Brasil, em 1822 e a primeira plantação em grande escala começou em 1852. Até 1910, a colónia portuguesa de São Tomé e Príncipe foi a maior produtora mundial de cacau, cultivando cerca de 35 000 toneladas de grãos de alta qualidade. Em 1975, quando São Tomé e Príncipe se tornou num estado independente, a terra foi redistribuída aos trabalhadores e dividida em pequenas parcelas, mas sem qualquer intervenção do Estado.

No início dos anos 2000, as ilhas já produziam menos de 1 000 toneladas de cacau por ano, deixando poucas perspetivas de futuro aos trabalhadores. A plantação Diogo Vaz faz parte da história de São Tomé e Príncipe. A roça, localizada numa excelente paisagem, entre o pico de São Tomé) e o oceano Atlântico, foi originalmente criada em 1880. A Kennyson, que gere a plantação desde janeiro de 2014, decidiu manter o pessoal existente, melhorando os seus salários e condições de vida. Neste momento está a expandir a força de trabalho e a trazer a sua experiência e conhecimento de outros projetos de sucesso em África.

Un vrai savoir-faire ancestral DIOGO-VAZ

Contamos com o conhecimento ancestral, passado de agricultor para agricultor, ao qual juntamos métodos modernos e tecnologia contemporânea.

Roca Diogo Vaz

 250 colaboradores trabalham diretamente na roça Diogo Vaz. A plantação suporta cerca de 1 000 pessoas, além de quatro grandes comunidades de aldeias que cercam a plantação. No local, há uma creche, uma escola primária, um posto médico e uma pequena capela.

Desde 2014, estamos a realizar um programa de replantação muito ambicioso, com o objetivo de otimizar toda a produção. Escolhemos destacar as variedades autênticas de cacau que já florescem na ilha. A nossa visão de desenvolvimento está focada nas que apresentam mais qualidades organoléticas (como o amelonado). Hoje, 150 000 cacaueiros foram plantados na plantação de 420 hectares.

MAMY THERESA DIOGO VAZ
Notre hangar de stockage pour les feves de cacao DIOGO VAZ

O nosso objetivo é daqui a 5 anos, atingir a capacidade de produção de 180 toneladas anuais.

ROCA DV

A nossa missão é a de preservar a terra que cultivamos, bem como as pessoas com quem colaboramos. Obtivemos recentemente, em maio de 2017, a Certificação biológica na produção de cacau. Além do cacau, há também muitas variedades de frutas que crescem na plantação, nomeadamente fruta-pão, jaca, pimenta, baunilha, mamão, manga, banana, coco, entre outras.

Agriculture Biologique Diogo Vaz ChocolateAgricert Diogo Vaz Chocolate
Picto livraison offerte à partir de 35€ d'achat en France Métropolitaine

Fast shipment

via DPD

Picto livraison offerte à partir de 35€ d'achat en France Métropolitaine

Free delivery

from 35 € of purchase in Metropolitan France

Picto paiement sécurisé Visa Mastercard Paypal

Secure payment

Visa, Mastercard, Paypal